Viver infinitamente

Viver Infinitamente
Seicho Taniguchi
Quando a pessoa entende que a Vida imortal é o seu verdadeiro ser, consegue libertar-se de todo e qualquer temor. Isso porque a Vida não morre, mas continua existindo.  Não de uma maneira frágil, debilitada, sobrevivendo a muito custo, mas, sim, consciente de viver abundantemente, preenchida de força, amor e sabedoria infinitos. Mesmo porque a substância dessa Vida que vive eternamente só pode ser perfeita. É contraditório o pensamento de que algo imperfeito possa continuar existindo eternamente. Semelhante tese não deve existir em lugar nenhum.
Assim, ao tomar consciência de que pode “viver eternamente”, a força interior da pessoa manifesta-se também no mundo exterior. Então, a força para ela se tornar saudável e a força para se tornar próspera são exteriorizadas na medida dessa conscientização. Podem ocorrer também casos de recuperação repentina de saúde. O terceiro capítulo deste livro está recheado de relatos de casos verídicos de pessoas que obtiveram esse tipo de graças.
 

Sem Avaliação

Mostra e-mail?

Segurança

Digite os caracteres da imagem acima: